Você esta aqui:

Notícias

Técnicos do Grupo Ocupacional Transitório (GOT) realizaram visita técnica ao Centro de Educação

16 de maio de 2019 | SEDAM

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), através da Coordenadoria de Florestas Plantadas (CFP) juntamente com o Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional (IDEP) por meio do Centro Técnico Estadual de Educação Rural (Centec) –      Abaitará, firmaram o Termo de Cooperação Técnica, estabelecendo parceria para a implantação de um viveiro de essências florestais e a perfuração de um poço tubular profundo para atender a necessidade de irrigação do viveiro, que tem como finalidade contribuir para o combate ao desmatamento e a degradação florestal no estado de Rondônia.

A equipe do Grupo Ocupacional Transitório (GOT) de Coordenação do Projeto de Desenvolvimento Socioeconômico Ambiental Integrado (PDSEAI), composta pelo Subcoordenador do EIXO I – Atividades Produtivas Sustentáveis, Irving Borges Vitorino – responsável pelo componente de Florestas Plantadas, pela subcoordenadora do Eixo II – Monitoramento e Controle, Elenice Duran e pelo técnico – Carlos Roberto Coelho, realizaram visita técnica ao Centec – Abaitará, localizado no município de Pimenta Bueno/RO, para monitoramento das ações estabelecidas que integram ações do Projeto Recuperar, incluso no Componente de Florestas Plantadas no âmbito do Projeto de Desenvolvimento Socioeconômico Ambiental Integrado (PDSEAI), financiado com recursos provenientes do Fundo Amazônia/ Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A equipe de gestores e professores do Centec – Abaitará, Diretor – Álvaro Fantin Sanches, Vice-diretora – Cyntia Maria Vieira da Silva, Diretor de Campo – Antônio Muniz Filho e os professores – Erica F. Dias, Sérgio A. Seixas da Silva, Almério Câmara Gusmão e Francisco Pedro Viera, receberam os técnicos do GOT, e realizaram reuniões de alinhamento e apresentação das áreas destinadas para a instalação do viveiro previsto no projeto. A Centec – Abaitará será responsável pelo serviço de instalação, manutenção e gestão do viveiro.

O viveiro de mudas a ser implantado no instituto terá capacidade inicial de produção de aproximadamente 60 mil mudas e, posteriormente, revê uma produção de 80 mil mudas de espécies variadas predominante na região nos anos subsequentes, que devem ser distribuídas gratuitamente aos produtores rurais e utilizadas, principalmente, para a recuperação das áreas degradadas como: nascente de rios, áreas de preservação permanente e, reserva legal, nas propriedades de até 4 módulos fiscais, que ocorreram de forma irregular após 22 de julho de 2008.

A Sedam reconhece o papel fundamental do Centec – Abaitará, na formação de mão-de-obra técnica e qualificada, com novas práticas de manejo sustentável voltadas para o desenvolvimento de um futuro ambientalmente sustentável e socialmente justo, garantindo a inclusão dos estudantes em todas as fases do projeto, desde a construção do viveiro, a produção e distribuição de mudas, até a seleção e a recuperação das áreas degradas permitindo um contato direto da comunidade escolar com produtores rurais local.

 

Fonte

Grupo Operacional Transitório (GOT)

Categorias: Notícias

Compartilhe